Publicado em Deixe um comentário

Padarias já se planejam para vendas no fim do ano

Com a aproximação das festas de fim de ano, há um aumento pela procura de produtos típicos do Natal, como panetones, bebidas, aves, entre outros. Até mesmo a tradicional ceia pode ser encomendada por quem busca praticidade.

Otimista, o setor da panificação já faz os primeiros movimentos para incentivar os clientes a irem às compras. O Sindicato e Associação Mineira da Indústria de Panificação (Amipão) promove mais uma edição da campanha de Natal Premiado “Compre e Concorra”.

Para participar, basta fazer uma compra acima de R$20, incluindo um produto de fabricação própria, nas padarias cadastradas e preencher um cupom respondendo à pergunta: “Qual o melhor lugar para fazer compras neste natal?”. O grande vencedor ganhará um carro 0km e a padaria de onde sair o cupom ganhador, juntamente com os funcionários da área de atendimento, ganharão um cartão premiação no valor de R$ 5 mil.

No ano passado, 60 padarias da Região Metropolitana de Belo Horizonte e do interior do estado participaram da promoção e cerca de 300 mil cupons foram distribuídos. A promoção será realizada entre os dias 13 de novembro e 25 de dezembro. O sorteio acontece no dia 30 de dezembro, às 18h, na sede da Amipão. Em breve, o regulamento completo e mais informações no site www.portalamipao.com.br.

Publicado em Deixe um comentário

Dia mundial do pão

Amipão convoca doadores de sangue para um café especial no Hemocentro BH; ABIP realiza campanha que celebra as várias maneiras de comer pão

Presente em boa parte das mesas do mundo inteiro, o pão é um alimento versátil que vai bem do café da manhã ao jantar. Pão francês, baguete, bisnaga, ciabatta, croissant são apenas algumas das possibilidades e sabores que a receita oferece.

O prestígio é tanto que a iguaria recebeu uma data mundial para celebração. Em 2000, a União dos Padeiros e Confeiteiros em Nova York determinou o Dia Mundial do Pão, comemorado em 16 de outubro. Por aqui no Brasil, padarias planejam ações sociais de mobilização que pretendem intensificar a relação dos clientes com o alimento.

Para celebrar a data, o Sindicato e Associação Mineira da Indústria de Panificação (Amipão) promove, em parceria com as padarias da Região Metropolitana de Belo Horizonte e com o Hemocentro da capital, uma campanha de sensibilização para a doação de sangue, órgãos e medula óssea.

A ação acontece dia 30 de outubro, entre 8h e 17h. A iniciativa vai enviar um convite especial para os doadores de sangue e medula óssea cadastrados no Hemominas. Aqueles que comparecerem para a doação, serão recebidos com um café da manhã oferecido pela Amipão.

No ano passado, a edição incentivou 280 pessoas a visitar a unidade. O retorno positivo impressionou a diretoria do Hemocentro da capital mineira, que espera superar os números de 2018. “A gente trabalha com tanto carinho. Ações assim garantem que muitas pessoas permaneçam ao lado das famílias. Estamos gratos e confiantes que vamos superar o ano passado”, conta Hellen Dupim, do Hemominas.

O presidente da Amipão, Vinícius Dantas, celebrou o significado do alimento. “O pão é uma iguaria de grande simbologia. No catolicismo, por exemplo, representa a partilha, a multiplicação. É gratificante ter a oportunidade de usar a tradicional receita para estimular a solidariedade no dia em que o alimento é celebrado”, afirma.

ABIP QUER RESGATAR MEMÓRIA AFETIVA NO DIA MUNDIAL DO PÃO

A Amipão também está apoiando a campanha realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (ABIP), “Todo mundo tem um jeito de comer pão francês: qual é o seu?”.

A iniciativa pretende avivar a memória afetiva de muitas pessoas e trazer à tona o sentimento de afeto pelo alimento. Para participar, os interessados precisam acessar o site da associação, baixar as peças da campanha e decorar a padaria com as artes. Fotografe, faça vídeos e não esqueça de marcar a ABIP nas redes sociais com a hashtag #meupãofrancês.

Para Dantas, o principal produto das padarias precisa ser mesmo valorizado. “Mudar a decoração em períodos sazonais é um atrativo a mais para os clientes. E, afinal, quem não tem uma lembrança gostosa quando sente o cheirinho de pão saindo do forno? É uma maneira de recordar a importância desse alimento na vida das pessoas”, explica.

 SAIBA O QUE É NECESSÁRIO PARA A DOAÇÃO DE SANGUE:

– Ter e estar com boa saúde.
– Pesar mais de 50 kg.
– Ter entre 16 e 69 anos de idade.

* Jovens de 16 e 17 anos podem doar acompanhados pelo responsável legal, que deverá apresentar um documento de identidade e assinar a autorização no local de doação. Se desacompanhado, o jovem deverá apresentar autorização preenchida e assinada (modelo disponível no site www.hemominas.mg.gov.br) e a foto cópia do mesmo documento de identidade do responsável constante na autorização. A partir de 61 anos, o candidato à doação precisa comprovar a realização de pelo menos uma doação anterior.

– Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade.
– Não ter sido exposto a situação de risco acrescido para doenças sexualmente transmissíveis.
– Não ter sido submetido a exame de endoscopia ou broncoscopia nos últimos 6 meses.
– Não ter feito tatuagem nos últimos 12 meses.
– Ter dormido bem na noite anterior à doação.
– Alimentar-se antes da doação pela manhã. Se for doar após o almoço, dar um intervalo de 3 horas.

PARA CANDIDATOS A DOAÇÃO DE MEDULA ÓSSEA

– Pessoas entre 18 e 55 anos podem cadastrar-se no Hemocentro mais próximo, quando encontrarem compatibilidade com a sua medula, entrarão em contato com o doador;

– Não pode ser portador de HIV, hepatite C ou se tem/teve algum tipo de câncer.

PARA CANDIDATOS A DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

Para ser doador de órgãos, você precisa avisar sua família; um único doador salva em média 8 a 10 pessoas.